Desvende os Segredos: 10 Receitas Infalíveis Para Dizer Adeus aos Cravos!

PUBLICIDADE

Os cravos, também conhecidos como comedões, são formados principalmente devido à obstrução dos poros da pele. Existem dois tipos principais de cravos:

1. Cravos abertos (comedões pretos):

São poros entupidos com sebo e células mortas da pele que ficam expostos à superfície. A cor escura é devido à oxidação do sebo quando entra em contato com o ar.

2. Cravos fechados (comedões brancos):

São poros entupidos, mas cobertos por uma camada fina de pele. Eles não têm contato direto com o ar e não oxidam, por isso têm a cor branca.

Essas obstruções dos poros podem ser causadas por vários fatores:

PUBLICIDADE

1. Produção excessiva de sebo:

O aumento na produção de óleo pelas glândulas sebáceas pode levar ao acúmulo de sebo nos poros, obstruindo-os.

2. Acúmulo de células mortas da pele:

Às vezes, as células da pele não se desprendem completamente e podem se acumular nos poros, contribuindo para a obstrução.

3. Hormônios:

Alterações hormonais, como durante a adolescência, gravidez ou uso de certos medicamentos, podem aumentar a produção de sebo, aumentando a probabilidade de cravos.

4. Maquiagem e produtos inadequados para a pele:

O uso excessivo de maquiagem ou produtos para a pele inadequados pode obstruir os poros, contribuindo para a formação de cravos.

PUBLICIDADE

5. Fatores genéticos:

A suscetibilidade a ter pele oleosa ou propensa a cravos pode ser herdada.

Manter uma rotina de cuidados com a pele, incluindo limpeza regular, esfoliação suave e uso de produtos não comedogênicos (que não obstruem os poros), pode ajudar a reduzir a formação de cravos.

Além disso, uma dieta equilibrada e a hidratação adequada também podem desempenhar um papel na saúde da pele.

Reveravit é o colágeno mais confiável e potente do mercado, apresenta inúmeras vantagens e desvantagens e visa otimizar a vitalidade da pele em todo o corpo. Descubra esses benefícios maravilhosos no futuro:

PUBLICIDADE

Aqui estão algumas receitas caseiras que podem ajudar a remover cravos:

1. Esfoliante de Açúcar e Mel:

– Misture uma colher de sopa de açúcar com uma colher de sopa de mel.
– Aplique suavemente a mistura no rosto, massageando em movimentos circulares por alguns minutos.
– Enxágue com água morna. O açúcar ajuda a esfoliar a pele, removendo as células mortas e o mel ajuda na hidratação.

2. Máscara de Argila Verde:

– Misture argila verde com água até formar uma pasta.
– Aplique a máscara na área afetada pelos cravos e deixe agir até secar.
– Enxágue com água morna. A argila verde ajuda a desobstruir os poros.

3. Vaporização Facial:

– Ferva água em uma panela e despeje-a em uma tigela.
– Posicione o rosto sobre a tigela, cobrindo a cabeça com uma toalha para capturar o vapor.
– Fique assim por 5-10 minutos para abrir os poros. Após isso, limpe delicadamente a área afetada.

4. Máscara de Clara de Ovo:

– Bata a clara de ovo até ficar espumosa e aplique-a na área com cravos.
– Deixe secar por alguns minutos e enxágue com água morna. Isso pode ajudar a tonificar a pele e reduzir a aparência dos cravos.

5. Óleo de Melaleuca (Tea Tree Oil):

– Dilua o óleo essencial de melaleuca em água (uma parte de óleo para nove partes de água).
– Aplique a solução na área afetada com um algodão. O óleo de melaleuca tem propriedades antibacterianas que podem ajudar a limpar os poros.

6. Máscara de Gelatina e Leite:

– Misture uma colher de sopa de gelatina sem sabor com duas colheres de sopa de leite.
– Aqueça a mistura no micro-ondas por alguns segundos e aplique-a na pele.
– Deixe secar e puxe delicadamente a máscara. Isso pode remover cravos e impurezas da pele.

7. Vitamina k2 Para o Envelhecimento da Pele:

Quando o cálcio se acumula nos tecidos da pele, causa o envelhecimento da pele com o passar dos anos. Mas, se a pessoa tiver um bom equilíbrio da vitamina K2 no organismo, não ficará concentrada na pele, evitando o envelhecimento precoce.

A Vitamina K2 (menaquinona), exerce importante função na saúde óssea e cardiovascular.

É responsável pelo equilíbrio e aproveitamento do cálcio ingerido é absorvido pelo nosso organismo, direcionando-o para a matriz óssea e inibindo a deposição indesejada de cálcio nas paredes dos vasos sanguíneos.

Além da distribuição do cálcio para o lugar certo (ossos), a vitamina K2 proporciona os seguintes benefícios para o organismo:

Artérias mais flexíveis, diminuindo a pressão arterial

● Dentes mais fortes

● Ossos mais fortes

● Articulações mais saudáveis

● Evita o excesso de cálcio dos rins, evitando as pedras de rins

● Evita o excesso de cálcio da pele, evitando o envelhecimento

8. Vinagre de Maçã:

– Dilua o vinagre de maçã em água (uma parte de vinagre para três partes de água).
– Aplique a solução na pele com um algodão e deixe secar. O vinagre de maçã pode ajudar a equilibrar o pH da pele.

9. Máscara de Tomate:

– Amasse um tomate maduro e aplique o suco na área afetada.
– Deixe agir por 10-15 minutos e enxágue com água morna. O ácido no tomate pode ajudar a reduzir a oleosidade da pele.

10. Aloe Vera (Babosa):

– Aplique gel de aloe vera diretamente na pele e deixe agir por alguns minutos.
– Enxágue com água morna.

Aloe vera tem propriedades calmantes e pode ajudar na redução da inflamação e na limpeza dos poros.

Lembre-se de fazer um teste de alergia antes de aplicar qualquer ingrediente novo na pele e, se possível, consulte um dermatologista para orientação específica para o seu tipo de pele.

PUBLICIDADE

Máscara Caseira de Aspirina – Pele de Bebê em 3 Dias!

PUBLICIDADE

A história da aspirina remonta a milhares de anos, quando civilizações antigas utilizavam extratos de salgueiro branco para aliviar a dor e a febre.

No entanto, o componente ativo da aspirina, o ácido acetilsalicílico, só foi isolado e identificado no final do século XIX.

A substância foi isolada pela primeira vez em 1828 pelo químico francês Henri Leroux, que a chamou de “salicina”.

Posteriormente, em 1838, outro químico francês, Charles Frédéric Gerhardt, sintetizou um composto semelhante chamado de “ácido acetilsalicílico”. No entanto, essas descobertas não foram totalmente exploradas na época.

PUBLICIDADE

A história moderna da aspirina está mais associada ao químico alemão Felix Hoffmann. Em 1897, Hoffmann, que trabalhava para a empresa farmacêutica alemã Bayer, sintetizou o ácido acetilsalicílico com o objetivo de criar um analgésico eficaz para aliviar a dor e a inflamação.

Hoffmann baseou-se nos trabalhos anteriores sobre a salicina, sabendo que poderia obter benefícios semelhantes de forma mais eficaz.

A aspirina foi patenteada pela Bayer em 1899. No entanto, inicialmente, não foi comercializada como analgésico, mas sim como um remédio para reumatismo.

Somente mais tarde, quando se tornou evidente que a aspirina também aliviava a dor e a febre, ela começou a ser comercializada para esses fins.

PUBLICIDADE

A aspirina rapidamente ganhou popularidade devido à sua eficácia e baixos custos de produção.

Ao longo dos anos, tornou-se um dos medicamentos mais amplamente utilizados no mundo, sendo utilizado para aliviar dores, febres, inflamações e como anticoagulante em algumas condições médicas.

A descoberta e o desenvolvimento da aspirina representam um marco significativo na história da medicina, e a substância continua sendo um medicamento amplamente utilizado até os dias de hoje.

Quando o assunto é tratamento de beleza, parece que só as mulheres se interessam. Mas não.

PUBLICIDADE

O público masculino também está demonstrando cada vez mais interesse pelo assunto.

A receita que vamos ensinar agora é maravilhosa e temos certeza de que você vai adorar os resultados.

Isso acontece porque ela é capaz de regenerar os tecidos da pele, eliminando sardas, cicatrizes, manchas e outros problemas.

Ela é a mistura de três poderosos ingredientes para a pele. E um deles chama a atenção de todos: a Aspirina.

Este ingrediente é poderosíssimo para desinflamar e melhorar a circulação. Mas Aspirina? Sim, sim.

Mas, antes que você esculhambe a receita dizendo que aspirina não é natural, saiba que não é bem assim. A Aspirina deriva de uma planta, o salgueiro.

O próprio nome “aspirina” faz referência ao nome científico do salgueiro. O “spir” de Aspirina provém de Spiraea.

Além disso, vamos usar esta receita externamente e sem exageros (o risco maior da Aspirina é o uso interno, que pode entre outras coisas prejudicar o aparelho digestivo).

E pense: para tratar a pele, muita gente apela para as máscaras faciais vendidas por grandes empresas, mas esea geralmente é uma alternativa cara.

Bem diferente do caso da máscara ensinada neste post, uma alternativa caseira com ótimos resultados.

Os ingredientes são baratos e fáceis de encontrar. Antes de iniciar o tratamento, é importante que sua pele fique dois dias antes sem cremes e maquiagens.

Observação: o uso de esfoliante é permitido, desde que seja natural, como o de aveia e iogurte.

Este tratamento remove células mortas e estimula o crescimento de células novas. A rapidez e eficiência depende de cada tipo de pele, mas na maioria das vezes a receita é aprovada.

Máscara caseira de aspirina para a pele:

Esta máscara é um poderoso agente anti-inflamatório que ajuda a combater cicatrizes de acnes e espinhas. O tratamento deve feito à noite, pois devemos evitar a luz do sol.

INGREDIENTES:

  • 5 aspirinas;
  • 1 colher (sopa) de mel puro;
  • 1 colher (sopa) de iogurte natural.

MODO DE PREPARO:

  • Esmague todas as aspirinas para formar um pó macio. Feito isso, misture com mel e iogurte e mexa bem, até obter um creme. Lave o rosto com água e sabão neutro.
  • Depois, para abrir os poros de sua pele, molhe o rosto com a ajuda de um pano úmido e levemente aquecido.
  • Em seguida, com um pano limpo e seco, retire a umidade do rosto, sem esfregar. Aplique uma camada fina da mistura e deixe agir por 20 minutos.
  • Feito isso, lave com água e aplique um hidratante. No dia seguinte, sua pele ficará mais sensível.
  • Por isso evite a exposição ao sol e use protetor solar ao sair de casa. Faça esta aplicação, no máximo, duas vezes por semana.
  • É importante verificar se você tem alergia a esta máscara: antes de aplicar, passe um pouco dela na pele.
  • Espere alguns minutos. Se não houver reação alérgica, pode usar tranquilamente.

A máscara também pode ser aplicada em outras partes do corpo, como axilas, cotovelos e joelhos, pois ajuda a clarear.

Se você estiver tomando medicamentos anticoagulantes, por precaução, não faça este tratamento.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

PUBLICIDADE

Como ELIMINAR a UNHA ENCRAVADA em Casa, com Remédio Caseiro!

PUBLICIDADE

Difícil encontrar uma mulher que, em algum momento da sua vida, não tenha reclamado de dores nos dedos dos pés provenientes de uma unha encravada.

Esse não é, no entanto, um problema exclusivo das mulheres, uma vez que não são apenas os apertados sapatos de salto alto que contribuem para o seu surgimento.

Além disso, há quem prefira passar por cirurgias, a fim de se livrar o mais rápido possível do incômodo.

PUBLICIDADE

As complicações de uma unha encravada não tratada a tempo acarretam em consequências para a saúde e o bem-estar dos seus pé como infecções.

Unha com pus, unha com carne esponjosa, unha com vermelhidão e unha doendo são os principais sintomas de uma unha encravada com infecção.

Pessoas que precisam trabalhar em pé o dia todo, ou que necessitam passar muitas horas com sapatos apertados e fechados, têm o conforto comprometido por conta de uma unha encravada.

Também é preciso lembrar que pessoas que tem alguma doença ou condição que dificulta a cicatrização de feridas, como diabetes, imunidade baixa prolongada, problemas vasculares, estão mais suscetíveis a ter complicações devido à dificuldade de cicatrização e de outras doenças oportunistas.

PUBLICIDADE

O papel podólogo é essencial para o tratamento de unha encravada, pois precisamos ter em mente que, caso a área não seja tratada de forma adequada, ela pode evoluir para uma inflamação, infecção e em alguns casos até a amputação.

A manutenção adequada das unhas junto ao podólogo evita estágios mais graves de doenças.

Ao perceber os primeiros sinais de inflamação na unha, como vermelhidão, ardência ou presença de pus, procure um podólogo.

Ele tomará os devidos cuidados e vai orientá-lo quanto aos passos que devem ser seguidos para contornar o desconforto na unha.

PUBLICIDADE

No entanto, com um pouco de paciência e disciplina, qualquer pessoa pode ser tratada sem precisar do bisturi.

Felizmente, há algumas alternativas naturais que são totalmente seguras e eficazes.

Unhas encravadas tendem a deixar toda a região afetada com inchaço e vermelhidão, além do dedo ficar sensível e dolorido.

O dedão do pé é o que mais sofre risco de encravar. O que acontece é que a carne fica por cima da unha, causado a lesão.

O que causa a unha encravada:

As duas causas mais comuns da unha encravada são o sapato apertado, o crescimento muito rápido das unhas e um corte mal executado das mesmas.

Considerando esse último motivo, é sempre recomendado que confie o serviço de aparar o comprimento das unhas do pé a um podólogo, o que garantirá a você que nenhuma falha irá causar incômodos posteriores.

Normalmente, a unha encrava quando a sua borda cresce de maneira torta, entrando na pele do dedo. É isso que causa a dor, vermelhidão e inchaço no local.

A dor ao caminhar ou colocar um calçado não é a única razão que explica a importância de tratar e corrigir as unhas encravadas.

Existe o risco de que o local seja infectado, podendo originar riscos à saúde. Veja o que pode ser feito para tratar o problema:

Como eliminar a unha encravada:

Uma boa alternativa para quem sofre com unha encravada é o uso de remédios caseiros que auxiliam no tratamento do inchaço da região e servem para desinfetar o local, aliviando a sensação de dor.

A forma de remédio caseiro mais comum e mais utilizado por quem tem problema de unhas encravadas é o banho de sal para os pés.

O sal tem um efeito asséptico fundamental para evitar inflamações, enquanto a água quente relaxa e diminui dores e inchaço.

Para fazer o seu banho de sal para os pés, basta colocar uma boa quantidade de água quente e sal em uma tigela e deixar os pés repousar durante uns 20 minutos sobre ela.

Como cuidar da unha para evitar que fique inflamada:

Os cuidados básicos a ter para evitar a unha inflamada são os seguintes:

  • Evite que as unhas encravem, cortando-as sempre retas, nunca pelos cantos, mantendo sempre as pontas livres;
  • Retire somente o excesso da cutícula;
  • Evite o uso de calçados apertados e de bico fino;
  • Use cremes emolientes para reduzir o desconforto.

Nos casos mais graves, com presença de bolsas de pus e tecido esponjoso no local, é preferível procurar um dermatologista para que os tecidos inflamados sejam removidos adequadamente, sem complicações.

O médico elevará o canto da unha com uma espátula, afastando-o da pele inflamada com um chumaço de algodão, eliminando a ponta de unha que está causando a inflamação, com uma tesoura esterilizada.

Depois, faz a drenagem do inchaço local, quando presente, e aplica um curativo com cremes à base de antibióticos.

Pode ainda ser necessário tomar antibióticos orais, especialmente nos casos de infecções secundárias.

Para tratar a unha inflamada de forma definitiva, pode-se realizar uma cirurgia para destruir a matriz da unha ou extraí-la completamente, mas só em último caso, pois quando a unha voltar a crescer, pode encravar novamente.

PUBLICIDADE

Eu usei apenas isso para acabar com o chulé – passo a passo

PUBLICIDADE

Existem vários remédios caseiros que podem ajudar a acabar com o cheiro de chulé, pois possuem propriedades que ajudam a eliminar o excesso de bactérias que é responsável pelo desenvolvimento desse tipo de cheiro.

No entanto, para que o chulé desapareça de vez é muito importante manter todos os cuidados de higiene necessários, como evitar usar a mesma meia dois dias seguidos, secar bem entre os dedos depois do banho ou evitar o uso de calçado de plástico, por exemplo. Confira agora como fazer o remédio caseiro para acabar com o chulé

Remédio caseiro para tratar o chulé:

Ingredientes:

  • 25 g de tomilho seco
  • 1 copo de vinagre de maçã
  • 2 litros de água fervente

Modo de preparo:

PUBLICIDADE
  1. Colocar os ingredientes dentro de uma bacia e deixar repousar por cerca de 15 minutos.
  2. Depois de amornar, colocar os pés dentro da bacia durante 10 minutos e depois retirar e secar bem com uma toalha.

Para complementar estes tratamentos caseiros é recomendado que os indivíduos mantenham os pés bem secos, utilizem sapatos abertos ou meias de algodão, quando precisar de usar sapatos fechados.

Dicas para acabar com o chulé:

1. Seque bem os pés depois do banho:

Já todo o mundo sabe que para evitar o cheiro a chule é muito importante lavar os pés frequentemente, ou pelo menos, 1 vez por dia. No entanto, o passo mais importante é garantir que os pés ficam bem secos depois do banho, especialmente entre os dedos.

Isto porque, a umidade da água do banho, junto com o calor que se forma dentro da meia, favorecem o desenvolvimento e crescimento de bactérias na pele, que são as principais responsáveis pelo surgimento do cheiro a chulé.

2. Passe pó de talco no pé:

O pó de talco é um ótimo remédio natural para diminuir o cheiro de chulé, pois diminui a produção de suor pela pele, evitando que exista umidade suficiente para que as bactérias causadoras do chulé possam surgir.

PUBLICIDADE

Para isso, deve-se passar o pó de talco por todo o pé antes de calçar a meia ou o sapato, e também se pode colocar algum pó dentro do sapato.

3. Dê preferência para calçado aberto:

Outra dica muito importante para quem sofre com cheiro de chulé intenso é evitar o uso de sapatos fechados, dando preferência para chinelos ou sandálias, por exemplo. Esse tipo de calçado evita transpiração do pele e permite que a pele respire, diminuindo as chances de desenvolvimento de bactérias ou fungos responsáveis pelo chulé.

Caso não seja possível utilizar sempre calçado aberto, para trabalhar, por exemplo, o melhor é usar meias de algodão com o sapato fechado, pois permitem uma maior respiração da pele. Porém, assim que se chega em casa, o melhor é descalçar os sapatos e tirar as meias, deixando os pés ao ar livre.

4. Ande descalço em casa:

Uma vez que nem sempre é possível sair de casa com sapatos abertos ou sandálias, dentro de casa é muito importante andar descalço pelo máximo de tempo possível, pois essa é uma forma de garantir que a pele dos pés consegue respirar, evitando o desenvolvimento de bactérias.

PUBLICIDADE

Nos dias mais frios, pode-se usar meias de algodão para andar em casa, pois embora cubra o pé, o algodão é um tipo de tecido que deixa passar ar. No entanto, na hora de deitar, deve-se dormir sem meias.

5. Não use a mesma meia 2 dias seguidos:

Mesmo que a meia pareça não estar cheirando mal, não deve ser usada mais do que 1 dia seguido, pois as bactérias vão se desenvolvendo no tecido da meia, devido ao acúmulo de suor e ao calor do corpo.

Assim, quando se volta acalçar uma meia pela segunda vez seguida, está-se colocando as bactérias de novo em contato com o pé, piorando o cheiro. Para quem sofre com muito chulé, outra dica essencial é trocar de meia ao meio do dia, por exemplo.

Para isso, pode-se andar com uma meia limpa numa bolsa e depois trocar, colocando a meia usada dentro de uma sacola de plástico.

PUBLICIDADE

Passe Isso Para Clarear a Axila e Virilha em 1 só Aplicação!

PUBLICIDADE

Se tem um problema que incomoda e causa constrangimento é o da axila e virilha escurecida. Movimento normais como levantar o braço para cima, passa a ser evitado, ou até mesmo o fato de usar roupas cavadas, de alças ou biquínis torna-se constrangedor.

Mas afinal o que causa o escurecimento da axila e virilha? Um dos principais fatores é a utilização do método inadequado de depilação, e como resultado o corpo produz células inflamatórias mais pigmentadas, causando a impressão de que à região da axila e virilha estão mais escurecidas.

Outro fator que também pode provocar essa reação é o uso de desodorantes muito fortes ou com álcool em sua fórmula. Quanto mais morena for a sua pele maior a possibilidade desse problema aparecer.

Alterações hormonais é outro fator que ocasiona esse problema. É extremamente importante que você procure um dermatologista que estará indicando o método de depilação e produtos clareadores específicos para seu tipo de pele.

PUBLICIDADE

Trocar o método de depilação e observar a reação do seu corpo pode vir a ajudar a solucionar o problema, admito que em mim ajudou um pouquinho, mas não solucionou o problema. Tentei vários métodos e estarei nesse post enfatizando cada um deles e qual na minha humilde opinião foi o melhor.

Contudo, existem algumas soluções caseiras que podem clarear a pele, removendo as manchas, como os seguintes produtos naturais:

1. Como clarear com bicarbonato de sódio:

Para clarear axila e virilha com bicarbonato deve-se preparar uma pasta com os seguintes ingredientes:

Ingredientes:

PUBLICIDADE
  • 2 colheres de sopa de bicarbonato
  • 20 mL de leite de rosas

Modo de preparo:

Misturar bem os ingredientes até formar uma pasta e aplicar nas áreas afetadas, deixando atuar por 15 minutos. No final, deve-se lavar com água morna e passar um creme hidratante. Aplicar 2 vezes por semana.

2. Como clarear com babosa:

A planta babosa possui um gel, chamado de aloe vera, que contém uma substância conhecida como aloesina que inibe a ação de uma enzina que produz a pigmentação escurecida da pele. Por isso, aplicar o gel na axila e virilha pode ajudar a clarear a pele destas partes.

Ingredientes:

PUBLICIDADE
  • 1 folha de babosa.

Modo de preparo:

Corte as folhas de babosa e extraia o gel da planta, depois aplique este gel nas regiões escurecidas da axila, deixando descansar entre 10 a 15 minutos. Ao final, enxágue a parte do corpo com água. Caso não tenha a planta de babosa, pode-se usar o gel orgânico encontrado nas farmácias.

Além disso, para evitar aparecimento de manchas escuras na região da axila deve-se evitar usar roupa muito justa e que aumentam a transpiração, além de evitar o uso desnecessário de desodorante ou cremes com álcool. Além disso, se mesmo após a realização dessas formas naturais, a pele continuar escura é necessário procurar atendimento de um dermatologista.

PUBLICIDADE

Hidratação caseira de mandioca: Cabelo macio e hidratado

PUBLICIDADE

Hoje irei descrever á vocês, a minha mais nova experiência caseira, confesso á vocês, que quando eu ouvi dizer que a mandioca, era excelente para os cabelos, fiquei com pé atrás, pois pra mim era a última coisa neste mundo que teria algum benefício para os cabelos. A hidratação caseira de mandioca é um processo de tratamento capilar muito interessante para você que está com os fios danificados, frágeis, com pontas duplas e com muito frizz.

Além do mais, eu nunca imaginei que um dia fosse passar mandioca no cabelo. Mas entre minhas pesquisas eu vi que a mandioca ajuda no crescimento do cabelo, pois é rica em vitaminas do complexo B, que fortalecem os fios e evitam a queda. Além de hidratar e nutrir o cabelo. Então eu pensei: “porque não usar? ”

E resolvi procurar receitas de hidratações com mandioca, e achei algumas onde a mandioca é cozida. O que não me atraiu muito, já que o cozimento faz com verduras, raízes e frutas percam vitaminas. Veja em seguida no Nutri Saúde como fazer a hidratação caseira de mandioca:

Como fazer a hidratação caseira de mandioca:

Para preparar a hidratação, você vai precisar dos seguintes ingredientes:

PUBLICIDADE

Ingredientes:

  • 1 pedaço de mandioca.

Modo de fazer:

Então resolvi fazer com a mandioca crua. Fiz da seguinte forma:

  • Cortei um pedaço de mandioca, lavei, descasquei, e piquei pedaços bem pequenos.
  • Coloquei no liquidificador e adicionei 100 ml de leite.
  • Bati bem e coei.

Dica importante: Se você coar em uma peneira corre o risco de ficar com pedacinhos de mandioca no cabelo (isso aconteceu comigo), então é melhor coar com um pano (pode ser uma toalha de cozinha ou uma fralda de pano).

PUBLICIDADE
  • Depois de coar eu adicionei 2 colheres de máscara capilar. Misturei bem, e comecei a enluvar mecha por mecha. Essa etapa é muito importante. Enluvar bem o cabelo faz toda diferença no processo de hidratação.
  • Deixei por 30 minutos e enxaguei. Dessa vez não usei condicionador, e fui direto para o creme de pentear.
  • Meu cabelo ficou muito macio, sedoso, e até as partes que estavam mais ressecadas ficaram bem hidratadas.

Essa hidratação tá super aprovada! Se vocês experimentarem me digam como foi o resultado, combinado? Beijos! E fica a dica!

PUBLICIDADE

Umectação caseira para engrossar os fios em 30 minutos

PUBLICIDADE

A umectação caseira para engrossar os fios é um processo de tratamento capilar muito interessante para você que está com os fios danificados, frágeis, com pontas duplas e com muito frizz.

O processo de umectação visa utilizar um óleo vegetal para nutrir e recuperar a fibra capilar, depositando nutrientes e também ácidos graxos que ajudam a deixar os fios emolientes e conferem propriedades antioxidantes, isso é, que previne o envelhecimento precoce dos fios.

Com este processo de nutrição, conseguimos engrossar os fios, acabando com o problema de fios finos que tanto te incomoda. A umectação caseira para engrossar os fios gera resultados surpreendentes por ser feito de um óleo vegetal rico nos ácidos ricinoleico, oleico, linoleico,linolênico, palmítico e esteárico que são fontes de ômega 9 e ômega 6. Também encontramos nesse produto vitamina E e sais minerais.

Para fazer a umectação caseira você vai precisar dos seguintes ingredientes: óleo de rícino. O óleo de rícino é bom para os cabelos por suas propriedades hidratantes e de limpeza. Ao aplicá-lo no couro cabeludo, por exemplo, é possível estimular o crescimento dos fios e fazê-los crescerem mais fortes.

PUBLICIDADE

Já no comprimento e pontas, é possível acabar com o ressecamento, e deixar os fios mais grossos porque o óleo de rícino forma uma película protetora nos fios que impede a perda de umidade, deixando os fios sempre hidratados. Veja o passo a passo de como fazer a umectação caseira para engrossar os fios.

Umectação caseira para engrossar os fios:

Para preparar a umectação, você vai precisar dos seguintes ingredientes:

Ingredientes:

  • Óleo de rícino 100% vegetal

Como fazer:

PUBLICIDADE
  • Para fazer a umectação caseira para engrossar os fios você precisa de um vidro de óleo de rícino 100% vegetal.
  • Esse produto é encontrado facilmente em lojas de produtos naturais, farmácias e perfumarias e custa menos de R$ 10, algumas marcas com vidros de 30 ml custam menos de R$ 5.

Modo de usar:

  • Com os cabelos secos e sujos, aplique o óleo de rícino da raiz às pontas, enluvando bem cada mecha de cabelo para que o produto penetre bem nos fios.
  • Deixe o produto agir por, no mínimo, 30 minutos e então enxágue os cabelos e lave com shampoo.
  • Finalize o processo com uma máscara de nutrição ou condicionador.

A umectação caseira para engrossar os fios também pode ser feita durante a noite, você aplica o produto nos fios, protege o seu travesseiro com uma toalha para não manchar a fronha e então dorme com o produto nos fios e só lave no outro dia pela manhã. Não há contraindicações no uso desse produto por ele ser totalmente vegetal, sem adição de silicones, corantes ou conservantes.

PUBLICIDADE

Hidronutrição caseira para deixar os fios encorpados

PUBLICIDADE

Hoje vamos te ensinar uma hidronutrição caseira para deixar os fios encorpados, a receita é perfeita para você que sofre com os danos causados pelo ressecamento dos fios e procura uma forma de deixar os fios mais saudáveis.

A hidronutrição é um procedimento de cuidados capilares que une duas importantes etapas do cronograma capilar: hidratação e nutrição. O tratamento visa devolver a vida aos fios que estão secos ou danificados, repondo nutrientes, vitaminas e água que são elementos essenciais para a saúde dos fios.

Quem tem os cabelos ressecados ou passou por procedimentos químicos como progressivas e tinturas, a hidronutrição para deixar os fios encorpados vai evitar que os seus cabelos fiquem danificados e percam a força, o brilho e elasticidade.

Entenda mais sobre a hidronutrição:

Ao juntar a hidratação e a nutrição, você consegue os benefícios desses dois tratamentos que são importantes para garantir que os fios estejam hidratados e com a oleosidade natural que protege os fios e evita danos.

PUBLICIDADE

A hidratação é o processo responsável pela reposição hídrica. Todos os dias perdemos a água dos fios, o clima, a poluição, os instrumentos de calor, entre outros fatores removem a água dos fios e, ao longo do tempo, os fios ficam ressecados e quebradiços.

A nutrição, por sua vez, é a reposição dos ácidos graxos, isso é, repor o óleo que o seu corpo produz, porém, por inúmeros fatores, não chega até as pontas dos fios. Cabelos cacheados e crespos, por exemplo, a estrutura dos fios não permite que o óleo chegue até o comprimento e pontas.

Quem utiliza química e instrumentos de calor como secador e chapinha, perde a oleosidade natural, ainda que os fios sejam ondulados ou lisos, por conta desses procedimentos que deixam os fios fragilizados com as cutículas abertas. As altas temperaturas “queimam” os fios e isso também é prejudicial.

É por isso que a hidronutrição para deixar os fios encorpados funciona para devolver a vida aos fios, pois faremos a reposição hídrica e a de óleos de uma única vez, sem um processo bem intensivo para recuperar fios danificamos. Veja aqui no Nutri Saúde o passo a passo de como fazer uma hidronutrição caseira para deixar os fios encorpados.

PUBLICIDADE

Como fazer a hidronutrição caseira:

Para preparar a hidronutrição, você vai precisar dos seguintes ingredientes:

Ingredientes:

  • 6 gotas do óleo de rícino;
  • 2 colheres de sopa de mel;
  • 2 colheres de sopa de uma máscara de hidratação.

Modo de preparo:

  • Misture todos os ingredientes em um recipiente até formar um creme homogêneo.
  • Lave os cabelos com shampoo, retire bem o excesso de água com uma toalha.
  • Separe os cabelos em mechas e então aplique a hidronutrição do comprimento às pontas, evitando a raiz.
  • Deixe agir de 15 a 30 minutos e então enxágue bem.
  • Finalize como de costume.
PUBLICIDADE

Tônico capilar caseiro para acelerar o crescimento dos fios

PUBLICIDADE

Está querendo acelerar o crescimento do cabelo e não consegue? Então este tônico capilar caseiro para acelerar o crescimento dos fios com certeza vai ajudar você. Além do mais, com este Tônico capilar caseiro é possível tratar queda capilar e promover o crescimento dos fios de uma forma saudável e totalmente natural.

Quem está sentindo que os fios estão caindo e não quer corrigir o problema com medicamento, pode apostar nesse tratamento caseiro que terá resultados maravilhosos e em poucas semanas será possível ver os cabelos voltando a crescer.

Vamos utilizar folhas de goiaba para criar um tônico para ser aplicado diretamente no couro cabeludo, ali ele irá liberar vitaminas e estimulará a circulação da região, a oxigenação nos folículos pilosos e o surgimento de novos fios.

Outro grande benefício do uso dessa receita é conseguir controlar a oleosidade que muitas vezes é a causa da queda capilar, assim como combater a caspa. Tanto o excesso de óleo, quanto a caspa abafam a região e não permitem a oxigenação, causando o envelhecimento das células e a morte dos folículos pilosos.

PUBLICIDADE

Removendo essas impurezas, será possível trazer a vida novamente para a região e então controlar o problema. É isso que o tônico caseiro com folhas de goiabeira para queda de crescimento vai trazer para você. São benefícios muito bons que não possuem nenhum tipo de contra indicação e nem trarão efeitos colaterais.

Este tônico caseiro com folhas de goiaba para queda e crescimento deve ser usado apenas no couro cabeludo, pois ao contrário de outras receitas, este produto pode ressecar os fios e não é isso que queremos. Por isso, pedimos para você utilizar um frasco com borrifador para passar o produto apenas na raiz dos cabelos.

Se preferir, pode utilizar algodão embebido no tônico e encharcar a região. Veja aqui no Nutri Saúde o passo a passo de como fazer o tônico capilar caseiro para acelerar o crescimento dos fios:

Tônico capilar caseiro para acelerar o crescimento dos fios:

Para preparar o tônico capilar, você vai precisar dos seguintes ingredientes:

PUBLICIDADE

Ingredientes:

  • 10 folhas de goiabeira;
  • 1/2 litro de água de fogo.

Modo de preparo:

  • Coloque a água em uma panela e deixe ferver, adicione então as folhas de goiabeira e deixe cozinhar por cerca de dez minutos.
  • Desligue o fogo e deixe esfriar.
  • Coe e coloque no borrifador ou em outro frasco com tampa.

Modo de usar:

  • Como falamos, o melhor é usar um borrifador para facilitar a aplicação na raiz dos cabelos.
  • Mas você também pode utilizar algodão para aplicar o tônico caseiro de goiabeira para queda e crescimento diretamente no couro cabeludo.
  • Faça algumas massagens na região e deixe o produto agir durante toda a noite, retirando-o pela manhã ao lavar os cabelos com shampoo e condicionador.
  • Aplique o tônico por até duas vezes por semana.
PUBLICIDADE

Máscara caseira de hidratação desmaia cabelo em 15 minutos

PUBLICIDADE

Quer aprender a fazer uma máscara caseira de hidratação desmaia cabelo? Então anote a nossa dica e passe a ter um resultado incrível com esta receita simples, porém muito poderosa para quem deseja ter um cabelo comprido e lindo.

Além do mais, ninguém merece cabelo ressecado, não é verdade? O aspecto áspero e sem vida dos fios estraga qualquer visual, independente do corte mais moderno ou coloração que está na moda! Mas, por que os cabelos ficam ressecados?

O problema do ressecamento é um dos que mais afligem a todas nós e pode ocorrer por diferentes fatores. A perda da nutrição é resultado de agressões mecânicas e químicas, como uso excessivo das ferramentas de calor, exposição exagerada ao sol, muita tintura, alisamento, entre outros tratamentos mais fortes.

Tudo isso faz com que as cutícula capilares fiquem abertas e levantadas, perdendo nutrientes e umidade naturais. As consequências são madeixas opacas e indisciplinadas, além do áspero nos fios. Se seus cabelos chegaram a esse estado, é hora de abusar da hidratação!

PUBLICIDADE

E você não precisa gastar todas as suas economias com produtos caros e tratamentos feitos nos salões de beleza. A hidratação capilar caseira traz efeitos milagrosos usando ingredientes muito baratos que podem ser encontrados em lojas especializadas ou farmácias.

Hoje, trouxemos uma dica que está, literalmente, fazendo a cabeça das mulheres: a máscara de hidratação desmaia cabelo. A receita caseira deixa os fios macios e com vida ao devolver os nutrientes perdidos. Quer saber como fazer? Então, siga com a gente e aprenda a fazer a hidratação em casa!

Como fazer a hidratação caseira desmaia cabelo:

A hidratação caseira desmaia cabelo é um tratamento muito simples que pode ser feito em casa. O ingrediente base para as receitas é a máscara de hidratação de sua preferência. Mas, atenção! É importante que o produto tenha ativos umectantes e hidratantes que vão ajudar a repor, reter e absorver a água. Para preparar a mascara, você vai precisar dos seguintes ingredientes:

Ingredientes:

PUBLICIDADE
  • 1 colher de sopa cheia de tapioca;
  • 2 dedos de água (use um copo americano para medir);
  • 2 colheres de máscara de hidratação de sua preferência;
  • 1 colher de sobremesa de óleo de rícino.

Como fazer:

  1. Dilua a tapioca na água, mexendo bem.
  2. Coloque em um recipiente que possa ir ao micro-ondas e aqueça por 30 segundos.
  3. Mexa mais uma vez e deixe esfriar.
  4. Quando estiver frio e atingir a textura de gel, acrescente os demais ingredientes e mexa mais uma vez até formar um creme homogêneo.

Modo de usar:

  1. Lave os cabelos com shampoo, retire o excesso de água com uma toalha, e então aplique esta receita de hidratação desmaia fios de tapioca em todo o cabelo, com exceção da raiz, enluvando bem.
  2. Deixe agir por 15 minutos e enxágue bem.
  3. Finalize com um condicionador.
  4. Pode escovar e pranchar para finalizar.

Além disso, não esqueça de aplicar um protetor térmico.

PUBLICIDADE